quarta-feira, 18 de maio de 2011

Um teste simples à nossa democracia representativa

Angela Merkel voltou a chamar preguiçosos a portugueses, gregos e espanhóis. “Todos temos de fazer um esforço, isso é importante, não podemos ter a mesma moeda e uns terem muitas férias e outros poucas” disse, quando na Alemanha a lei consagra 20 dias como período mínimo de férias, apenas menos 2 que em Portugal, e grande parte das empresas concede mais de 30 dias. E “Não se trata só de não contrair dívidas. Em países como a Grécia, Espanha e Portugal, as pessoas não devem poder ir para a reforma mais cedo do que na Alemanha”, quando, actualmente, a idade de reforma é igual nos dois países. Tudo num comício do seu partido. A oposição alemã já reagiu. Vamos esperar para ver que partidos portugueses se vão calar e que partidos vão reagir à utilização deste discurso xenófobo inaceitável e humilhante. Elegemo-los para que nos representem. Essa é a razão pela qual existem. Uns fazem-no bem. Mas outros há que apenas sabem gastar os joelhos. Para ganhar credibilidade, argumentam. Aí está o resultado. Este é um teste simples à nossa democracia representativa. Portugal ainda é um país soberano.


Actualizações:


1. O coordenador do BE, Francisco Louçã, acusou hoje Angela Merkel de "mesquinhez", depois da chanceler alemã ter proposta a uniformização da idade da reforma e do período de férias na União Europeia. (…) "Precisamos de generosidade e não da mesquinhez que Ângela Merkel quer para a Europa". (…) "Desde há muito tempo que a Alemanha tem uma regra: impor sempre a sua palavra", notou o responsável, acrescentando que o aumento da idade de reforma significará o "degradar da vida das pessoas que trabalharam uma vida inteira". (…) "O Bloco de Esquerda contrapõe com uma Segurança Social sustentável e uma reforma que está vinculada ao salário de uma vida inteira".


2. O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou hoje que a chanceler alemã, Angela Merkel, se esqueceu de comparar também os salários dos trabalhadores alemães e portugueses, tal como fez em relação a férias e idade de

Sem comentários: