sexta-feira, 8 de abril de 2011

O TGV da especulação

Desde que o Governo PS começou a trabalhar conjuntamente com o PSD e as agências de rating, com a pressão sobre os títulos da dívida a aumentar, Portugal já se comprometeu com oito mil milhões de euros em juros. Um valor que terá de ser pago em prazos muito diferentes, variando entre os três e 11 anos. No total, os oito mil milhões correspondem a 4,65% do PIB (Produto Interno Bruto), sensivelmente o mesmo custo estimado para as três redes de alta velocidade previstas pelo governo de José Sócrates. É ver como, em vez de TGV, a alta velocidade que todos pagámos foi a da engorda dos lucros do sector financeiro. Ganharam antes da intervenção externa para ganharem ainda mais depois dela.

Sem comentários: