sábado, 9 de abril de 2011

Até aqui chegámos

A culpa da crise é do PSD, Sócrates é o maior, Passos Coelho é que é um grande mentiroso e os partidos à esquerda não prestam. Cavaco devia era dar umas palmadas em Teixeira dos Santos. Parece uma troca de bocas infantis entre putos de 5 anos com pouca imaginação, mas não é. Eles chamam-lhe e estarão convencidos de que isto é política. A imprensa não vê nada de estranho na cena e chama aos dois grupos de garotos os partidos do “arco governativo”. Não encontro palavra melhor. Estamos bem fodidos, é o que é.

4 comentários:

ricardo disse...

Agora já ninguém governa até as eleições... e com estes palhacinhos que muita gente escolheu por a governar no nosso país.
Mas eu sinceramente acredito que existem pessoas em cada partido competentes que estão lá porque amam Portugal e querem o melhor para Portugal, agora o que eu não acredito é que essas pessoas moram todas no mesmo partido... Se calhar é altura de colocar um presidente da república e um primeiro ministro com motivações agnósticas e sem partido, e escolher o governo com as poucas pessoas sérias que estão no parlamento.

Filipe Tourais disse...

O Ricardo acredita em soluções apolíticas e em políticos sem políticas. Não será por aí. E, olhe, nem eu nem o Sr. Ricado Salgado duvidamos da competência dos que temos no poder.

Anónimo disse...

Os únicos incompetentes são as agências de ratos, que já deviam ter classificado a repúblicagança tuga como "lixo" desde a primeira vez. Ser tuga é isto, é fazer parte do lixo. Não existe solução para o lixo que não é reciclável. E como também não é biodegradável, não se pode esperar que apodreça. A única coisa que fazer é um sarcófago como no reactor 4 da central de Chernobyl.

Filipe Tourais disse...

Não será uma ingenuidade pensá-los incompetentes, caro anónimo? Olhe para as fortunas que tiveram a competência de fazer crescer. Leia aí abaixo. Desde que o Governo se pôs de acordo com o PSD em ceder à pressão e começar ccom a lista de PECs, os encargos com juros que foram assumidos são o equivalente à rede completa de TGV que não foi construída, como sabe.