segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

De estabilidade é que o meu povo gosta

O antigo presidente da SAD do Boavista foi hoje condenado no Tribunal de São João Novo, no Porto, por crimes de fraude fiscal e abuso de confiança fiscal. Dois anos de pena suspensa por cinco anos. João Loureiro foi condenado a ficar em liberdade.

1 comentário:

Daniel Santos disse...

O pior é estar autorizado a continuar a cantar.