segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Caro, diz o amansador

Revolta árabe afecta bolso dos portugueses”. seria um título porventura interessante, quando devidamente fundamentado e quantificado. Porém, passando os olhos sobre o corpo da notícia, não se lê uma linha sobre qualquer revolta árabe. O amansador que o martelou quereria dizer-nos um “estão a ver que até as revoltas mais longínquas ficam tão caras??”. Não se pode, com a crise que por aí anda. Pois é. A crise, gigantesca, o preço a pagar pela insistência num modelo que apenas tem trazido ruína ao mundo. Se as revoltas ficam caras, a paz podre em que vivemos não fica mais barata. E pagam sempre os mesmos, sempre aos mesmos. Fica caríssimo.

Sem comentários: