terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Estabilidade, estabilidade...

Não há-de ficar-se por aqui. A espécie de revolução tunisina já pôs em fuga um ditador com, diz-se, uma tonelada e meia de ouro na bagagem e acabou por repor no poder, a ocuparem os principais e a maioria dos ministérios do governo de “transição”, figuras do regime corrupto que os manifestantes queriam ver no local mais apropriado para esse tipo de gente: a cadeia. Cheira-me que também andará por lá uma campanha negra movida contra um PR tão honesto quanto mudo. Pensando melhor, Bem Ali não faltou a nenhuma entrevista à rádio pública, onde poderia bem explicar o inexplicado e limpar a sujidade reclamada. Retiro o realce à sua mudez. Mas só à dele.

2 comentários:

Cravo disse...

"...acabou por repor no poder, a ocuparem os principais e a maioria dos ministérios do governo de “transição”, figuras do regime corrupto..."
Mais uma vez mata-se o galo que pica os outros e logo um com o bico afiado lhe sucede na capoeira

Anónimo disse...

Ben ali, Bem aqui! Está-se bem.