segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Bocejo

Ontem, Manuel Alegre afirmou ter votado PS nas últimas eleições mas garantiu que não votou nas políticas seguidas pelo Governo PS, segundo ele, prejudiciais para o país que defende. Não faço ideia como raio é que pode votar-se num partido sem que esse voto seja também a expressão inequívoca de total apoio às políticas que desenvolve enquanto poder, mas noto que, se tivesse aquela habilidade, poderia bem acabar a votar em Cavaco Silva, o candidato que mais se aproxima do contrário de tudo o que defendo. Ou, pior ainda, até mesmo a votar num candidato que diz que defende uma coisa e vota em quem faz o seu contrário. Estas presidenciais estão a dar-me cá um soninho…

1 comentário:

Cravo disse...

Um complemento:
http://www.youtube.com/watch?v=7ZSMcClfr6A&feature=related