domingo, 26 de setembro de 2010

No bom caminho

O Benfica trouxe dos Barreiros a primeira vitória conquistada fora de casa e mais uma exibição a necessitar de aprumo. Voltou a notar-se pouco acerto defensivo num meio campo desequilibrado que, ao mesmo tempo que contagiava insegurança ao sector defensivo, teve a capacidade de produzir uma mão cheia de oportunidades de golo flagrantes para o seu ataque.

A vitória, magra, tangencial, por 0-1, escreveu-se com a enorme quantidade de golos falhados incrivelmente pelos atacantes encarnados e por uma excelente exibição de Roberto. O espanhol parece outro e, a cada jogo que passa, vai conquistando a confiança de colegas e adeptos. Destaques pela positiva também para Saviola, para Fábio Coentrão, o marcador do golo solitário, para Carlos Martins e para Gaitan, embora este último tenha voltado a evidenciar imaturidade defensiva. Pela negativa, para além dos muitos golos falhados, o meu destaque vai inteirinho para a falta que faz aquela parede a meio campo pela qual, no ano passado, era muito difícil passar.

Há muito ainda a fazer para recuperar os níveis exibicionais e a solidez da época passada. Por ora, resta constatar que o Benfica cresce um bocadinho em cada jornada e que as vitórias começam a aparecer com naturalidade, mesmo apesar das arbitragens manhosas. Ontem, tivemos outra.

2 comentários:

PJ disse...

Por ora, não "Por hora".

Filipe Tourais disse...

Tem toda a razão. Obrigado.